quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O bom humor na vida do cristão



É aceitável usarmos a expressão bom humor quando se fala em Bíblia? É normal falarmos em pessoas bem-humoradas quando falamos em Bíblia Sagrada?
O humor é um estado de ânimo cuja intensidade representa o grau de disposição e de bem-estar psicológico e emocional de um indivíduo. A palavra humor surgiu com os antigos gregos. Naqueles tempos, o termo humor representava qualquer um dos quatro fluidos corporais (ou humores) que se considerava serem responsáveis por regular a saúde física e emocional humana. 
O humor é uma das chaves para a compreensão de culturas, religiões e costumes das sociedades em um sentido amplo, sendo elemento vital da condição humana. O homem é o único animal que ri, e, através dos tempos, a maneira humana de sorrir modifica-se acompanhando os costumes e correntes de pensamento. Uma passagem muito interessante que trata parcialmente disso está em I Crônicas 16.26 e 27: Porque todos os deuses dos povos são ídolos; porém o SENHOR fez os céus. Louvor e majestade há diante dele, força e alegria no seu lugar”. Veja que, diante dEle, no Seu lugar, ou seja, onde o próprio Deus habita, há alegria! Falar em Alegria é, também, falar em uma das manifestações da graça de Deus.
Por que, então, o crente em Jesus deve ser bem-humorado? Por que o cristão deve ser alegre? Por que precisamos praticar o bom humor mesmo na dor? Algumas indicações podem ser aprendidas com a Palavra do Senhor, pois se existe alegria no seu Santo Lugar, é claro que o próprio Senhor, por meio de sua Palavra, nos ensina algo a respeito.
Primeiramente, é uma ordem do Senhor, por meio do apóstolo Paulo. Em Filipenses 4.4, nós podemos ler: “ALEGRAI-VOS SEMPRE”. Veja que o verbo está no imperativo, o que sinaliza para uma ordem. O Senhor nos ensina a estarmos alegres sempre! É fácil? Não, não deve ser, mas é preciso praticar isso, pois é um mandamento de Deus: devemos nos alegrar, regozijar sempre!
Um outro ponto que se aprende sobre bom humor, na Bíblia, é que a nossa força é a ALEGRIA que vem de Deus. Em Neemias 8.10, podemos retirar essa maravilhosa orientação: “portanto não vos entristeçais; porque a alegria do SENHOR é a vossa força!”. De onde saiu a doutrina que o crente precisa ter expressões sisudas, de tristeza, de mau humor? Não há, na Bíblia, alguma alusão a isso, ao contrário, Ele nos estimula a não nos entristecer. A Bíblia aponta que a alegria do Senhor é nossa força. Essa alegria que existe na presença do Senhor nos atinge e nos fortalece. Quem vive cabisbaixo, quem vive sisudo, quem vive de mau humor precisa receber a alegria do Senhor, pois ela muda o comportamento de uma pessoa e a fortalece.
Ser alegre define mudanças. É uma atitude que traz a benção. Ao atentarmos para Isaías 55.11 e 12, aprendemos que a alegria em nossa vida é uma resposta ao que a Palavra do Senhor realizou em nós. Pessoas transformadas pela Palavra de Deus são pessoas alegres, bem humoradas, são pessoas que vivem acima das circunstâncias, que não dão lugar para mau humor ou tristeza. O profeta nos ensina que a Palavra não volta vazia, antes ela cumpre aquilo para a qual foi enviada e, no verso 12, diz que com alegria saireis. Que coisa linda. Uma palavra do Senhor, que seja revelada, que seja genuína, não essas pregações motivacionais, vazias de Deus e cheias de técnicas neurolinguísticas, pode mudar um comportamento deprimido e triste para um comportamento alegre!
A alegria é a dupla honra de Deus para seu povo (Isaías 61.7).
Mas, então, se isso é garantia de Deus, por intermédio de sua Palavra, como a alegria vem ao nosso encontro? Como o crente em Jesus consegue ser bem-humorado?
Em primeiro lugar, precisamos mudar nossa atitude. Uma atitude (reação aos acontecimentos da vida) positiva, uma atitude proativa é necessária para que o Espírito de Deus aja em nossas vidas. Em Provérbios 24.10, a Bíblia nos mostra que se alguém enfrenta o dia da angústia com fraqueza, com frouxidão, a força dessa pessoa será pequena. Isso é claro na Bíblia. Embora o Senhor nos capacite e nos dê suas bênçãos, tudo começa conosco. Nossa reação à Palavra de Deus, nosso posicionamento frente às promessas do Senhor, enfim, a atitude que adotamos é fundamental para o agir de Deus em nossas vidas. Ainda que as circunstâncias nos levem à tristeza, nós não ficaremos tristes! Não dê lugar para a tristeza, para a desmotivação, para o mau humor, não, aja como alguém que está todo o tempo junto do lugar de Deus, ou seja, o lugar onde há alegria permanente.
Um aspecto para que sejamos sempre alegres e bem humorados é a forma de expressarmos nossas conversas. Todas as vezes que usamos palavras de conforto e fé somos transformados por essas palavras. Em Mateus 12.37, Jesus nos ensinou que, pela palavra, somos julgados e justificados. Aqui não é a estupidez de dizer que uma palavra que saia da nossa boca muda tudo. Isso nunca foi assim e nunca será. Essa doutrina que ensina que há poder nas palavras é um tanto quanto falaciosa. Por que eu digo isso? Porque é uma doutrina manca. Ensinada com erros e deturpações. Quando ouvi isso a primeira vez, lembro-me bem de dizer a algumas pessoas empolgadas com isso: “vá a um hospital e diga que todos os doentes estão curados e limpe os hospitais”, mas se assim fizermos nada acontecerá. Não existe por si só poder nas palavras. O poder é o que vem do Espírito Santo. As palavras são apenas expressões que mostram o que temos de conhecimento da própria Palavra de Deus. É a promessa do Senhor que precisa estar em nossa boca. É a Palavra de verdade que precisa sair de nossos lábios.
Assim, o que eu ensino é isso: quanto mais você estimular sua conversação para uma conversação voltada ao que Deus nos ensina, muito mais você terá alegria em tua vida. Muito mais aprenderá a ser bem humorado. Não é uma palavra. É um estilo de vida de reagir usando as palavras.
Estou falando, portanto, de uma mudança de linguajar. E isso não é esconder problemas ou mentir, é trazer a benção de Deus. No livro de II Reis, 4.26, a sunamita, que estava em uma péssima situação, ao ser questionada por Eliseu, respondeu: a tua serva vai bem. Que coisa linda.  SIM, VAI BEM! E para você? Vai bem? Sim vai bem! Se tiveres 1000 problemas para te derrubar e roubar sua alegria, lembre-se que tens 1001 para celebrar e um deles é: a cruz está vazia!
A outra maneira de vivermos bem humorados, alegres, sorridentes, é entregando os nossos caminhos ao Senhor. Quantos cristãos são ansiosos? A ansiedade rouba a paz e a alegria de qualquer um. O sábio Salomão nos ensinou que: “A ansiedade no coração deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra.”(Prov 12.25). Veja como a Palavra de Deus é relevante. Ela nos mostra o peso da ansiedade na nossa alegria. A ansiedade rouba a alegria, deixa o homem abatido (um dos sinônimos de abatido é também deprimido). Por outro lado, a boa palavra alegra o homem. Boa palavra não é palavra motivacional, não é estímulos para animar alguém, é, antes, a Palavra que vem dos céus. Essa sempre será a boa palavra. Ela tem o poder de animar qualquer que esteja abatido.
É por isso que a Bíblia orienta, intempestivamente, a lançarmos nossas ansiedades sobre Jesus Cristo (I Pe 5.7). Ao fazer isso, você naturalmente se descola de suas preocupações e se livra da ansiedade. Ao livrar-se de ansiedades, o que ocorrerá com você é que o sorriso voltará ao seu rosto e serás um bem humorado. Seja alegre o tempo todo! Seja um cristão feliz!


Pr Aureo R V da Silva

Esta mensagem pode ser usada, impressa, republicada, mas deve-se citar a fonte.


Conheça nossa página no Facebook e curta RESTAURAÇÃO DA PALAVRA!.


Comments system